CIRCUITO DE MUGELLO GRANDE PREMIO D’ITALIA



CIRCUITO DE MUGELLO GRANDE PREMIO D’ITALIA




A liderança do mundial de motogp começa a querer fugir do dominio do australiano Casey Stonner, tendo como uma real ameaça o espanhol Jorge Lorenzo depois de ter efectuado uma excelente corrida no Circuito de Mugello em Itália.

Casey Stonner largou na pole e teve uma excelente saída saltando para frente de forma decidida isolando-se do pelotão e dando a entender que estava mais do que preparado para vencer nesse circuito Italiano. Mais o campeão do mundo Jorge Lorenzo não pretendia deixar que isso acontecesse e começou a reduzir o tempo que estava já a mais de 2 segundos o qual foi batido e acabou por ultrapassar o Casey Stonner a seis voltas do final ficando agora com apenas 19 pontos de diferença do australiano

CIRCUITO DE MUGELLO GRANDE PREMIO D’ITALIA

Já na última volta o Dovizioso demonstrou um nível de competividade excelente ultrapassando o líder do campeonato Casey Stonner e conquistando o segundo lugar.

Outro espetaculo de disputa foi a do Ben Spiers (Yamaha Factory Racing) com o Marco Simoncelli da San Carlo Honda Gresini pela quarta posição levando o americano a conquista depois de muitas travagens tardias e estratégias de pilotagens para deixar o italiano para trás.

http://motospaixaoeliberdade.anildomotta.com.br

Valentino Rossi, Héctor Barberá (Mapfre Aspar), Álvaro Bautista (Rizla Suzuki), Colin Edwards (Monster Yamaha Tech 3) e Dani Pedrosa (Repsol Honda) travaram um luta interessante pelo sexto lugar revelando assim o Italiano Valentino Rossi a sua enorme responsabilidade em realizar uma corrida honrosa já que se encontra no seu país conseguindo assim conquistar essa posição no final da corrida.

http://motospaixaoeliberdade.anildomotta.com.br

O regresso de Dani Pedrosa depois de está ausente em três provas resumiu-se em largar na 8º posição terminando a corrida na mesma longe de repetir como no ano passado o domínio da corrida.

Valentino Rossi largou em 12º lugar mais com o apoio persistente da sua torcida conseguiu um desempenho considerável levando em conta o bom trabalho de afinação realizado pelos técnicos da Ducati durante o warm up.

http://motospaixaoeliberdade.anildomotta.com.br

Palavras do Valentino Rossi:

“Temos uma moto diferente em muito aspectos daquela com que começámos a época. Sabemos que tem de ser ainda mais melhorada do ponto de vista técnico, mas mesmo neste momento mostrou ter boa margem de melhorias apenas com a afinação. O tempo não nos ajudou em Assen, e aqui também não. Tivemos pouco tempo para trabalhar este fim-de-semana, pelo que uma vez mais fizemos significativas alterações na afinação na manhã de domingo. Foi um passo em frente e na corrida consegui ter melhor ritmo que nos treinos, apesar das melhorias de comportamento nas curvas ter sido acompanhada de pequena perda de aderência. De todas as formas, penso que estamos na direcção certa. Perdi algum tempo no início porque a embraiagem patinou e era quase último à entrada da primeira curva, com muito que recuperar. É uma pena porque este ano tenho estado sempre bem nas partidas com a Ducati. Ainda assim, não sei quanto tempo teria sido capaz de ficar com o Spies e o Simoncelli se tivesse partido melhor. A diferença nos tempos foi menor que em Assen, o que é positivo, mas ainda estamos longe, uns oito décimos. Temos de continuar a trabalhar para acompanharmos as Honda e Yamaha. Estamos a fazer tudo o que podemos, nós na pista e o pessoal na Ducati. É uma situação difícil, mas vir aqui a Mugello e ver todas estas bandeiras e fãs a darem apoio é sempre muito emocionante e dá-nos motivação para voltarmos à frente.”

DIVULGUE, OBRIGADO!

Share

 

                                           Anildo Motta

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *